Engenharia de Produção e a Indústria 4.0

Você já ouviu falar sobre a Indústria 4.0? Sabe o que é? A definição de forma simplista é a forma como máquinas se comunicam e utilizam as informações para otimizar o processo de produção. Está muito associada a conectividade, ciência dos dados, internet das coisas e inteligência artificial. 

web 3706562 1920

São vários os pesquisadores que definem a Indústria 4.0, dentre as definições, vale destacar:

- O paradigma da Indústria 4.0 descreve a iminente quarta revolução industrial e vislumbra as smart factories nas quais humanos e robôs trabalharão cada vez mais próximos (WEISS et al., 2016);

- A quarta revolução industrial é caracterizada pelas tendências tecnológicas de digitalização, autonomização, transparência, disponibilidade de informação em tempo real e colaboração (PFOHL et al., 2017);

- O conceito de Indústria 4.0 combina as conquistas tecnológicas dos últimos anos com a visão de futuro onde há sistemas de produção inteligentes e automatizados, nos quais um mundo real está ligado a um mundo virtual, assegurando um uso mais eficiente da informação disponível (ZAWADZKI; ZYWICKI, 2016). 

Segundo a revisão bibliográfica feita por Sigahi & Andrade (2017, p. 3) no artigo “A Indústria 4.0 na perspectiva da engenharia de produção no brasil: levantamento e síntese de trabalhos publicados em congressos nacionais” as tecnologias mais utilizadas na Indústria 4.0 são:  

Robótica avançada: robôs mais adaptáveis e flexíveis; futuramente, sua interação com outras máquinas e humanos será uma realidade cotidiana (SCHWAB, 2016, p. 25); 

Internet das coisas: descrita como a relação entre coisas (produtos, serviços, lugares) e pessoas, através de plataformas e tecnologias conectadas (SCHWAB, 2016, p. 26); 

Segurança cibernética: meios de comunicação cada vez mais confiáveis e sofisticados (RUBMANN et al., 2015, p. 6); 

Computação em nuvem: banco de dados capaz de ser acessado de qualquer lugar do mundo em milissegundos, por meio de dispositivos conectados à internet (RUBMANN et al., 2015, p. 6-7); 

Manufatura aditiva: produção de ampla gama de produtos por meio de impressoras 3D, por meio de adição de matéria-prima, sem o uso de moldes físicos (RUBMANN et al., 2015, p. 5; SCHWAB, 2016, p. 24); 

Realidade aumentada: já é utilizada em uma variedade de serviços; futuramente, sua abrangência será maior devido ao uso de informações em tempo real para melhorar a tomada de decisões (RUBMANN et al., 2015, p. 7); 

Big Data e Analytics: identifica falhas, economiza energia, aumenta a qualidade e eficiência na utilização de recursos na produção (RUBMANN et al., 2015, p. 5); 

Inteligência artificial: pode reduzir custos, proporcionar ganhos de eficiência e até mesmo “computadorizar” empregos (SCHWAB, 2016, p. 141-142); 

Novos materiais: são mais leves e fortes, recicláveis e adaptáveis; podem ser “inteligentes” com propriedades como autorreparação ou autolimpeza (SCHWAB, 2016, p. 25). 

Oportunidade para o Engenheiro de Produção

De acordo com uma matéria publicada no Blog Unifor (2020) os dados da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) do ano de 2018 mostraram que menos de 2% das organizações brasileiras estão inseridas na indústria 4.0. O país tem muito a evoluir, em especial com a pandemia do novo coronavírus, que obriga as empresas a adotarem a inovação para permanecerem no mercado. Assim, cria oportunidades para o Engenheiro de Produção, pois é um profissional que atua em toda a cadeia produtiva de uma instituição e é capaz de implantar processos inovadores que são base da Indústria 4.0.

engineer 4941347 1920

Para o Professor Dario Allipradini (INDI4.0, 2018) o engenheiro de produção tem uma formação multidisciplinar e é preparado para compreender os diversos processos de organizações de diferentes áreas. O desafio para o futuro da profissão é desenvolver projetos que realizem a conexão e a integração desses processos, abarcando as áreas de fabricação, fornecedores, distribuição, seleção de tecnologias, em um ambiente de Indústria 4.0. 

Diante deste contexto, a Engenharia de Produção tem papel relevante na otimização de processos industriais, sendo capaz de administrar todas as informações para que possibilite que a cadeia de produção tenha uma produção de baixo custo e com eficácia. É preciso ter sinergia nos processos e o grande desafio de um engenheiro de produção nesta nova revolução é ser capaz de implementar a Indústria 4.0 no seu campo de trabalho. 

As pessoas são o centro dos negócios e os negócios movem a sociedade, as novas tecnologias estão transformando a indústria, trazendo melhorias e novos desafios, a hora de aprender sobre a nova revolução industrial é agora! Essa foi uma mensagem da entrevista sobre "Indústria 4.0: competências e habilidades" com o Professor Jorge Muniz (Professor de Engenharia de Produção da UNESP e Coordenador do Mestrado Profissional da UNESP) e Marco Túlio Ribeiro (Diretor Regional de Inovação e Transformação Digital da Maxion) ao Programa POMPA do Instituto Água Sustentável (ASSISTA AQUI). 

Seja um diferencial do mercado, faça o Mestrado Profissional em Engenharia de Produção da UNESP, o curso forma profissionais altamente capacitados para resolver problemas complexos! Acesse: https://mepep.feg.unesp.br

Referências:

INDI4.0, 2018: https://www.industria40.ind.br/noticias/16759-qual-sera-a-atuacao-do-engenheiro-de-producao-na-industria-40

PFOHL, H. C.; YAHSI, B.; KURNAZ, T. Concept and Diffusion-Factors of Industry 4.0 in the Supply Chain. In: Dynamics in Logistics. Springer International Publishing, 2017. p. 381-390. 

RUBMANN, M.; LORENZ, M.; GERBERT, P.; WALDNER, M.; JUSTUS, J.; ENGEL, P.; HARNISCH, M. Industry 4.0: The Future of Productivity and Growth in Manufacturing Industries. The Boston Consulting Group: BCG, 2015. 

SCHWAB, K. A quarta revolução industrial. São Paulo: Edipro, 2016. 159 p.

SIGAHI & ANDRADE, 2017: http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_STP_247_428_31208.pdf

UNIFOR, 2020: https://www.unifor.br/web/melhor-profissao/industria-4-0-potencializa-a-empregabilidade-do-engenheiro-de-producao

WEISS, A.; HUBER, A.; MINICHBERGER, J. IKEDA, M. First Application of Robot Teaching in an Existing Industry 4.0 Environment: Does It Really Work? Societies, v. 6, n. 3, p. 20, 2016.

ZAWADZKI, P.; ŻYWICKI, K. Smart product design and production control for effective mass customization in the Industry 4.0 concept. Management and Production Engineering Review, v. 7, n. 3, p. 105-112, 2016.